The Sunset in Punta & José Ignácio

Website Translation Widget

Why to Go

O principal destino de luxo da América do Sul o sofisticado balneário de Punta del Este no Uruguay, antes reservado aos argentinos e uruguaios, vem mudando de cenário. Hoje é ponto de encontro de jet-setters   e de brasileiros bem nascidos que descobriram o paraíso nos últimos anos.

José Ignácio

Punta, como é chamada, é descolada e com vida noturna intensa. Uma mistura de Montauk em Nova York e St Tropez na França; tem seu ritmo próprio. Ali, o fuso-horário é diferente a praia só acontece depois das 4pm e o jantar depois das 11pm. Uma doce rotina.

Punta del Este

Where is

A pontinha da Península de Punta del Este, marca a divisão entre o Oceano Atlântico (o mar aberto) e o Río La Plata (a baía), fica na Província de Maldonado, a 130 km ao leste de Montevidéu no Uruguay.

When to Go

O verão é a época que a cidade ferve. O clima em Punta não é tropical e o vento ali… incondicional. As praias não são como as nossas (brasileiras), mas o seu charme é imbatível. Entre dezembro e março a cidade passa de 20 mil habitantes para quase 400 mil.

Get Around

Não importa se o destino do vôo é direto para o aeroporto Laguna del Sauce em Punta ou se é via Montevidéu. Essencial mesmo é alugar um carro. Sem ele, fica difícil se locomover na cidade, os lugares mais bacanas estão afastados do centro, os táxis são poucos e caros e o transporte público não ajuda. As scooters (uma boa opção) são comuns por lá.

Punta’s 10 Best Things to Do

1. Circular – pela Península, rambla e puerto

2. Badalar – nos paradores debruçados na areia da Praia do Bikini

3. Dormir – em uma das suítes do Atlântico-view na Playa Vik

4. Almoçar – no hype Parador La Huella em José Ignácio

5. Alarde – jantar gourmet no restaurante Garzón, rústico e requintado

6. Esquenta – apostar no Conrad Casino depois da 1am

7. Bebida – clericot (frutas e vinho branco), no Beach Club La Caracola, que só pode ser alcançado por barco, estilo pescador

8. Garimpar – Peças transadas na Magma

9. Savor – o delicioso sorvete do Freddo e o churros do Manolo – dulce de leche, of course

10. Experiência – a emoção de montar cavalos de corrida antigos (Haras Godiva de Carolin Mallman) e cavalgar por Laguna Garzón

Ver – muitos sunset-sessions …

What to See

Ritual do pôr do sol.

Com um pôr do sol de dar inveja , que acontece lá pelas 10 horas da noite , a cidade pega fogo e é preciso muito fôlego para sobreviver a este non-stop maravilhoso. Os lugares eleitos para assistir a este encanto da natureza: Terraço da Casapueblo , uma linda obra habitável criada pelo artista Carlos Paez Vilaró em Punta Ballena; saboreando uma tacinha do refrescante clericot (virou drink oficial, feito com uma mistura de frutas, vinho branco ou espumante ); nos bares da zona do porto – dois deles, o Virazón e o Guappa , têm decks debruçados n’água e os iates tornam o quadro ainda mais bonito; no concorrido Bar da piscina do Serena Hotel; no farol da praia trend-chic, José Ignácio. Seja lá onde for, que a verdade absoluta seja dita, o sunset de Punta é lindo de morrer! (viver!)

E o nascer também!

La Mano

Fotos estilo cartão-postal (essential for first trip) em um dos mais famosos monumentos, La Mano, feito pelo chileno Mario Irrazabal, em 1981 – uma gigante escultura de pedra encravada na areia da Praia Brava.

A Península

A Península é o coração de Punta del Este. O centro da cidade é onde começa o Puerto e a rua principal do comércio, a Gorlero, vai pelo interior da Península, paralela às duas margens. Muitos hotéis tradicionais (e básicos) ficam por lá.

Puerto

No Puerto Nuestra Señora de la Candelaria , fabulosos iates se misturam a barcos de pesca e de vez em quando você vê lobos-marinhos e focas se exibindo pelo local.

Marina

Várias agências fazem tours para dois passeios interessantes; as ilhas Gorriti e Lobos. Os barcos saem do Porto. Informe-se: www.calypso.com.uy/

Peixes frescos no Porto

Muita gente caminhando e correndo pela manhã na rambla do Porto, um calçadão em frente à Marina. Antes do pôr do sol, vários restaurantes são super-disputados para assistir o espetáculo.

Rambla Playa Mansa

Conrad Casino

Rambla William y Av. Chiverta, Parada 4, Punta del Este

Próximo ao Porto fica o Conrad Casino (kitsch or vintage?). Já virou ponto turístico e quase uma instituição em Punta; passar por lá é inevitável. O restaurante St. Tropez é o melhor do hotel e vale a pena almoçar ou jantar por ali. Para um esquenta ou ganhar a sorte no Casino, vá depois da 1am. Bacana.

Beverly Hills

As casas mais luxuosas da cidade estão na chamada Beverly Hills. Onde mansões ocupam um quarteirão inteiro e têm cerca de 2.000 metros quadrados de área construída. A maioria delas não tem muros, o que dá um clima norte-americano ao local. O mais charmoso ali, é que as casas ao invés de números têm nomes, o que dá uma atmosfera beeem personalizada.

Casapueblo

Punta Ballena

A cerca de 15 km da Península em Punta Ballena, fica a Casapueblo é a casa-escultura construída pelo artista uruguaio Carlos Páez Vilaró em 1960. Hotel, ateliê, museu e também residência de Vilaró, hoje com 88 anos. Parada obrigatória para ver o pôr do sol de camarote. Espetáculo ao som de um poema do artista, que é recitado em perfeita sincronia com a chegada da noite. Difícil não se emocionar.

Ponte Leonel Vieira

Atração turística em La Barra, mais conhecida como ponte ondulada, têm apenas 200 metros. Para equilibrar o peso dos carros e evitar rachaduras, foi construída com várias ondulações. O visual do projeto lembra as ondas do mar.

Things to Do

Beaches

A Punta tradicional

Mansa/Brava 

Na Península, a Playa Mansa (Parada 5) voltada para o Rio da Prata tem águas que fazem jus ao nome, calmas e de quebra azuladas, fica de frente a ilha Gorriti; reduto das famílias.

Happy Hour do Serena Hotel

Rambla Williman Pda. 24, Punta del Este 

O cool Hotel Serena, durante a happy hour na beira da piscina é um point disputadíssimo. Os sunset-sessions é movida a Clericot, o drink oficial de Punta e ao som de sax. O hotel também é famoso por ter uma das mais animadas festas de Reveillon. Programe-se.

A badalada La Brava

O lado voltado para o Oceano Atlântico, a Playa Brava, é boa para o surf e os esportes náuticos, você avista a Ilha de Lobos e é onde está localizada a escultura La Mano. Na altura do Parada 30 fica o Lounge da Mastercad Black.

Nude Beach no Chihuahua Resort

Km 115 Ruta Interbalnearia – Chihuahua, Punta del Este

Curiosidade: para Swinger y amantes del naturismo o Chihuahua Resort – primeiro hotel nudista de Punta – rola clima de balada. As áreas da piscina e praia são os locais onde é permitida a prática…

A Punta Cool em La Barra

A Punta cool fica em La Barra. Em  Bikini Beach, Parada 49, foi eleita pela galera que chega na praia depois das 4pm. Os Paradores – lounges, pé na areia com direito a pufes e chaises, bares e DJs espetaculares – badalação que rola até às 9pm, quando o sol vai se despedindo. O movimento também é intenso na rua principal em La Barra, muitas lojinhas descoladas e antiquários, bares e restaurantes bacanas.

Bikini Beach

After Beach

Na Montoya o público divide-se entre famílias e moçada. Localizada entre La Barra e José Ignácio, a área de Manantiales é mais tranquila e utiliza a infraestrutura da vizinha La Barra. O maior movimento fica próximo ao Parador do Mantra Resort.

A Punta rústica-chic em José Ignácio

Se em Punta a ordem é “ver e ser visto”, na vizinha José Ignácio a discrição dita o ritmo. Exibida, só mesmo a natureza. Há 40 km da Península, pela Ruta 10 a beira-mar; é refúgio de famosos e descolados.

Farol de José Ignácio

Um lugar cortado por ruas de terra, que leva o nome de pássaros, com casas voltadas para o mar. É o reduto de pessoas que tem dinheiro e preferem a sofisticação das coisas simples. Não existe dúvida sobre ir ou não ir a José Ignácio, é simplesmente uma questão de quando ir. Sedutora.

O espírito rústico- chic, elevou José Ignácio à condição de hotspot; Pierre Casiragui, Príncipe de Mônaco, o ator Richard Gere e Ron Wood, guitarrista dos Rolling Stones foram alguns dos famosos vistos por lá.

No maior estilo cabana de praia, o parador-restaurante La huella fica bem na entrada da praia. Almoço na areia durante o dia, uma bebida ao pôr do sol ou jantar com os amigos à noite.

Todos e tudo está lá. O ambiente é informal, o cardápio é simples, peixe, carne vermelha, boa saladas, pizzas. Faça reserva ou tente chegar bem cedo, caso contrário, será impossível descolar uma mesa.

O clima no La Huella a noite é aconchegante com velas que iluminam o ambiente, boa trilha sonora, gente bonita. E sugestão, não saia sem provar a unânime e deliciosa sobremesa,  Vólcan de Dulce de Leche – um Petit-Gateau de doce de leite com Sorvete de banana, de ajoelhar!

Parador La Caracola

Ruta 10, Km 189 Laguna Garzón

Dos mesmos proprietários do La Huella, um segundo parador, mais exclusivo. O La Caracola, fica à 6km da entrada de José Ignácio, sentido Luguna Garzón. Beach Club bem bacana…

Na grelha Asado Uruguaio – Cordeiro, Ojo de Bife e Linguiças

A ilhota, conta com restaurante & bar com total privacidade, conforto e serviços. Um bangalô com interior elegante, bar de praia e um terraço para relaxar, aquele lounge com todo charme para se passar, e muiiiitoooo bem, uma tarde por ali.

Salmão com sal grosso

Antigo refúgio de Testino e Cipriani, a exclusiva ilha mantém uma lista de convidados VIP, continua controlando o acesso, reservas são fundamentais e poucos os privilegiados, pois é um lugar onde a exclusividade fala mais alto. Ah! a travessia é feita em charmosos barcos, estilo pescador local…

Lotação máxima: 60 pessoas, ca$h only, 200 dólares… and just relax and have fun… Esta tudo incluído… Além da gastronomia e bebidas, a privacidade, beleza natural e o bom gosto…

Reservas: +598 94 220 772 (com Daniela)

A Punta Rural

Haras Godiva

Ruta 10 Km 183,5 José Ignácio

Outro programa bacana, são as cavalgadas organizadas pelo Haras Godiva de Carolin Mallmann. Altamente Recomendado: Um pacote incrível chamado Cabalgatas de Luna Llena (Equitação Lua Cheia), que inclui uísque (Chivas, é o patrocinador oficial) na chegada, cavalgada com puro-sangue na praia, sob uma lua cheia (com sorte), drinques no bar e depois um Asado uruguaio.

Cabalgatas de Luna Llena

O passeio passa pelos campos abertos da zona rural de José Ignácio,  por áreas verdes recortadas por pequenas margaridas amarelas, bosques de árvores nativas e lagoas. A prática de polo também é tradicional na região. Os serviços podem ser contratados nos próprios hotéis ou direto no Haras.

Fundación Atchugarry

Ruta 104 4500, El Chorro Maldonado

Um complexo cultural, dentro de um parque, em uma área de 15 hectares, lugar lindo. A Fundação Atchugarry, abriga esculturas ao ar livre de artistas contemporâneos do Uruguai e obras de Pablo Atchugarry, artista conhecido por suas peças feitas com mármore Carrrara, uma inspiração que, segundo o próprio artista, vem dos trabalhos do italiano Michelangelo. Entrada grátis.

El Garzon

Plaza Pueblo Garzón, Pueblo Garzón

O pequeno povoado de Garzón, distante 50 quilômetros de José Ignácio, abriga um cidadão do mundo. O argentino Francis Mallmann, que acumula as facetas de bon vivant, poeta, decorador e chef; já teve casa em Nova York, hoje está com restaurantes em Buenos Aires e Mendoza. No Brasil, fez história como um dos fundadores do A Figueira Rubaiyat, em São Paulo, capital. E agora está ali, num lugar que tem no máximo 200 habitantes e realmente parece que parou no tempo. Lugar que ele escolheu como refúgio. Da cozinha saem receitas como o carneiro local, feito em forno a lenha (que derrete na boca) em molho de vinho Tannat, cozida por quase oito horas e servida com um purê de batata e amêndoas. Há também cinco suítes que dão para o jardim com piscina. A comida, decoração, vinhos, espírito e experiência, is forever. Vai lá.

“cozinhar em torno do fogo é uma forma de arte” – Francis Mallmann

Notinha: O badaladíssimo restaurante Los Negros do chef em José Ignácio, só reabre na inauguração do The Setai prevista para 2013.

O Azeite Punta Lobos

Outras atrações dessa Punta rural são os lagares e vinícolas. Um dos mais charmosos desses lagares – fazendas de produção de azeite é a Punta Lobos, do publicitário ítalo-carioca Mario Cohen, há 30 anos no Uruguay.  Vizinho ao hotel Fasano (e fornecedor de azeites também), tem 17 mil oliveiras. O azeite do tipo “boutique” de produção pequena, garrafinha Saint Gobain ( três séculos de estrada) e qualidade excepcional. É muito bom!!!

Seja qual for a sua Punta, fica combinado. Acordar bem tarde, se jogar em uma das mesas dos paradores debruçados sobre a areia, brindar com clericot acompanhando peixes grelhados e esperar a noite chegar para, então, começar a movida. Perde quem voltar para casa antes do amanhecer. Dicas de onde comer, comprar e ficar no próximo post. Kiss

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s